Projeto Marvel: Homem de Ferro I

Gente, não sei qual era a do Homem de Ferro antes, mas tenho certeza que o Robert Downey Jr. nasceu para ser ele. Não tem como adorar o Robert, e acho que ele é muito responsável pelo sucesso do filme, e do Homem de Ferro por consequência. 
Eu já tinha visto esse primeiro filme, umas mil vezes, mas assisti novamente. E como todo mundo já viu também vou falar abertamente e nem considerarei spoiler, ok?
Primeiro, gente, quem não sabia que aquele moço, o carequinha, estava envolvido no sequestro do Tony desde a cena 1 do filme? Mas ok. Menino gênio! Absurdo as coisas que o garoto Tony desenvolveu, agora, fazer uma armadura de ferro estando em um cativeiro com meia dúzia de ferramente é assustador. Ficção. Mas assustador de qualquer maneira. 
Sobre o coração dele, eu realmente não entendo direito como funciona aquele dispositivo, no filme não foi muito bem explicado – penso eu assim. Então, fui procurar por ai pelas interwebs para ver se eu achava alguma coisa. Não achei, mas descobri em uma wikipedia da vida que Tony Stark é formado em Engenharia Elétrica! yaaay, nos quadrinhos, né. E pelo o que eu li, nos quadrinhos as coisas são um pouco diferentes do que no filme, acontecem com muitas décadas de diferença e tudo o mais. 
No filme, a Stark Industries é responsável pela fabricação de armas para o Exercito americano. Mas não quaisquer armas, armas de guerra mesmo. No lançamento de Jerico, um míssil, ele acaba sendo sequestrado, após quase morrer devido a explosão de uma granada, ele fica com estilhaços e o único jeito de sobreviver é usar esse dispositivo maluco ai que eu não sei como funciona. A intenção dos sequestradores é que ele refaça Jerico ali numa caverninha no meio do deserto. Ele concorda, mas ao invés de recriar o míssil, ele faz uma armadura para que ele consiga escapar. E o resto é história. 
O que me chama mais atenção em relação ao Tony não é apenas sua inteligência sobre humana, até porque deve ser chato as vezes, nem pelo seu contingente de dinheiro – claro que eu gostaria muito de ter – mas o que eu mais gosto é do jeito humano dele. Ele é bacaca muitas vezes, ironiza os outros, utiliza de sarcasmo o tempo inteiro e não se preocupa com o que os outros vão achar. Não sou super fã de super heróis, mas ele é meu favorito! 
Aparição do Stan Lee: Checked! 
Crédito de foto: Google Imagens

Deixe uma resposta