Em Chamas – Suzanne Collins

Antes de pensar em fazer qualquer outra coisa eu já estava lendo o segundo livro da série porque a curiosidade era muita. 
Contra capa do Livro
As fagulhas se acendem. As chamas se espalham. E a Capital quer vingança.
Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações nos distritos dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos – incluindo o próprio Peeta – acreditarem que são um casal apaixonado.
A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos – transformados em verdadeiros ídolos nacionais – podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.”
 
Minhas Impressões
Eu estava imaginando desde o início do primeiro livro que era óbvio que Katniss e Peeta iam sobreviver, a pergunta era: Como? Não esperava mesmo pelas amoras. E seja porque motivo Katniss pensou isso – acho mesmo que foi mais um instinto de ~não quero morrer e não quero matar~ do que um desafio propriamente dito, mas beleza. E por spoilers eu já tinha ideia de que isso não ia ficar barato. A única graça da história eram os jogos, então pensei que por alguma razão ela voltaria para Arena, Mas nunca pensei que seria enviada com Peeta de novo, e eu gosto tanto dele *-*! 
Tenho a dizer que além do Haymitch que eu sempre gostei, fiquei apaixonada por grande parte dos outros vencedores, uns amores! No momento em que Finnick se apresentou para ser aliado do Distrito 12, eu soube que tinha alguma parada rolando embaixo do pano, mas o que? Desde o primeiro livro me questionei o que aconteceria se eles tirassem o rastreador do corpo. É claro que dentro da Arena isso seria inútil porque estavam presos e vigiados. E só mesmo a Katniss para achar que a Johanna tentou matá-la. ¬¬ Era fato que a tentativa era de ajuda. Mas fiquei surpresa com todo o resto da história e bastante perturbada pelo fato de não se saber o que estava acontecendo com o Peeta que é um bolo fofo de amor. Doce demais para o meu gosto pessoal, mas um amor de se ver. Acredito que o fato dele ser padeiro tenha sido escolhido de forma proposital por Suzanne. hahahaha 
 
Autora: Suzanne Collins
Ano: 2010
Páginas: 416
Editora: Rocco
Avaliação:

Deixe uma resposta