Primeira pessoa versus Terceira pessoa

Oi gente!
Estava pensando esses dias sobre os diferentes métodos de escrita. Como vocês devem saber, eu tenho dois ebooks disponíveis na Amazon e estou trabalhando no terceiro, que é o livro II da série Verdadeira. Bom, dito isso, vamos ao que interessa. Nessa minha pequena estrada com livros, li quase 150 livros – vejam quais aqui no Skoob/GoodReads – e, esses livros tiveram recursos de escrita distintos. Os mais comuns são narração em primeira pessoa ou em terceira pessoa. E afinal quais as diferenças?
Em primeira pessoa temos um livro escrito do ponto de vista de um personagem. Sabemos das informações ais quais ele tem acesso e vemos o mundo da maneira como ele vê o mundo. O que pode ser muito bom, especialmente quando há tramas acontecendo sem que esse personagem saiba de modo que lidamos com o elemento surpresa, como por exemplo em A Rainha Vermelha.
Ultimamente, grande parte do que eu tenho lido, é escrito em primeira pessoa. Um recurso muito comum nos Young Adults – Kiera Cass, Victoria Aveyard, Suzanne Collins…
Já em terceira pessoa temos a narrativa toda feita diretamente pelo autor. Ele está contando a história como um espectador de fora, não faz parte do enredo. A maior parte dos livros que eu li foram escritos assim, e inclusive eu escrevo desse jeito. Gosto que todos tenham acesso a todas as informações e aos pensamentos dos personagens em geral. Parece-me mais completo, mesmo que talvez não seja. Meus autores queridos desse tipo de escrita são Agatha Christie, Sidney Sheldon, John Grisham…
É claro que sei que existem histórias que pedem por uma narrativa em primeira pessoa ou em terceira. Realmente acredito que seja uma questão de direcionamento e que pode fazer toda a diferença em como a história é lida e contada. Há o meu extremo máximo que é Crônicas de Gelo e Fogo, onde a narrativa é em terceira pessoa e primeira pessoa ao mesmo tempo, sendo que em cada capitulo um narrador diferente é eleito.
E você, qual seu tipo preferido de escrita?

Créditos de Imagem

Deixe uma resposta