House of Cards – My turn!

Bem, mais uma temporada de House of Cards foi liberada pela Netflix e mais uma vez eu fiquei com o queixo no chão. Confesso que eu estava meio desanimada quando comecei porque ainda estava naquela de quem vai ganhar eleição blábláblá. E eu fico meio com vergonha alheia – não sei explicar – e não consigo assistir direito. Mas aí, essa parte passou e foi maratona de felicidade. Aconteceu tanta coisa que eu sinceramente fiquei CHOCADA!
Os personagens estão todos no limite e fazendo coisas que até Deus duvida, de verdade.

Acho que talvez essa temporada tenha sido a mais pesada, so far. E tá rolando uma inversão de papéis e o final foi meio a conclusão do que estava sendo proposto desde a temporada anterior: Claire tomando as rédeas. Eu acho que em termos de política ela é bem melhor que o Frank, porque ela tem mais visão. Contudo, isso ainda vai ser uma luta por poder. Frank apresentou ideias neoliberais porque ele começou a achar que a casa Branca estava deixando ele engessado. Temos que esperar os próximos episódios, se é que existiram [tá rolando um papo que House of Cards tá ameaçada na Netflix]. Espero que sim.

O casal XX tem feito cada dia mais inimigos e cometido mais crimes. Tem muita gente tentando chegar neles, mas será que vão conseguir?

Beijos, crianças!

Deixe uma resposta