Caos é uma escada: Season Finale de Game of Thrones

É, mais uma temporada de Game of Thrones acabou e eu estou com essa sensação de que tem alguma coisa faltando na minha vida. Mês que vem começam a voltar as temporadas das minhas outras tantas séries assistidas mas eu vou morrer de saudades da série de fantasia do final de domingo.

Essa temporada foi uma loucura total. Não apenas dentro da realidade da série mas também na nossa realidade. Episódios vazados, duras críticas ao roteiro e tempos passados nos episódios. Concordo que alguns diálogos pareceram bobos, mas a realidade é que eles sempre existiram na série, mas como ela caminhava lentamente isso passou despercebido. Aconteceu coisa demais na sétima temporada e é preciso que você entenda que isso foi necessário. Cada episódio de GOT custa milhões de doláres aos cofres da HBO e manter essa série no ar por milénios pode não ser o melhor dos objetivos. O que importa é que a temporada foi FODA e eu fiquei bem feliz de as coisas terem andado mais rapidinho, eu gostei do dinamismo.

#SPOILERALERT

Se você ainda não viu a sétima temporada aqui é o momento de parar.

Começamos a temporada com Cersei, Daenerys e Jon como reis e na disputa de quem ficaria com os Sete Reinos. Claro que o Jon sempre esteve mais preocupado em vencer a batalha contra os mortos e vimos que durante a temporada ele arriscou sua cabeça indo até Daenerys e pedindo sua ajuda. Dany insistiu que ele se ajoelhasse e reconhecesse ela como Rainha, mas acho que no fundo ela estava querendo dar uns pegas no rapaz que não sabe de nada.

Descobrimos que Jon é Aegon Targaryan e apesar de sabermos há algum tempo que Dany é tia de Jon não tivemos muitos problemas em shipar esse incesto. Jaime e Cersei que nos perdoem mas amamos #Jonerys. E, afinal, é costume na família Targaryan casar os parentes. Contudo, a descoberta sobre Jon traz caos aos Sete Reinos, porque AMIGOS, o Jon é o verdadeiro herdeiro do trono. Ele como filho do primogênito do Rei Louco vem antes na linha de sucessão do que Dany, aquela loucura machista que a gente já conhece das Monarquias.

Aconteceu coisa horrores gente. Mas o mais importante, do que o Bran – ESTRANHÍSSIMO – ter virado o corvo de 3 olhos, do que Cersei estar grávida, do que Sansa ter mandado matar Mindinho, do que Arya estar de volta em Winterfell, do que Olenna ter esfregado na cara de Cersei que foi ela quem matou Joffrey, do que Theon ter ganhado bolas e enfrentado alguém, do que Sam ter encontrado a cura para Jorah, do que Jaime ter dado as costas a Cersei, foi que o Rei da Noite MATOU UM DRAGÃO e está usando ele para o mal, no formato vivo morto. Isso mesmo. Agora o exército dos mortos que já conta com gigantes e centanas de milhares de selvagens, tem um dragão. Bacana, né? Acontece que Viserion abriu um buraco na Muralha e os Sete Reinos estão f*didos.

A próxima temporada chega no ano que vem e eu mal posso esperar.

OBS: George, cadê aquele sexto livro das Crônicas de Gelo e Fogo, tá lembrado? Então…

Deixe uma resposta