DARK!

BRASIL!
Eu sempre dou uma olhada nas séries que a Netflix lança por motivos dê: é sempre bom, né? Mas não é tudo o que me interessa. Eu gosto de séries de mistério e algumas coisas sobrenaturais. Por acaso, ou não, esse era o conjunto de Dark e aí o olhinho brilhou e obriguei o boy a assistir. Se maratonamos? EVIDENTE!

Foram 10 episódios que acabaram me deixando PUTAAAAA! Porque acabou e eu preciso tanto de mais. Cabe dizer que a série é alemã MARAVILHOSA! Produção impecável.

Vamos a sinopse! 

Quatro famílias iniciam uma desesperada busca por respostas quando uma criança desaparece e um complexo mistério envolvendo três gerações começa a se revelar. 

 

Com um quê de buraco de minhoca, de viagem no tempo e de doidera total a série vale muito a pena ser assistida. Tudo está relacionado a uma caverna na floresta e a participação suspeita de uma usina nuclear em dois sumiços de crianças com 33 anos de diferença. Ao que tudo indica, existe um portal que pode ser natural ou criado – SIM, CRIADO! – e é possível viajar 33 anos para trás ou para frente. Na realidade, pode-se até viajar 66 anos para trás o que me confundiu um pouco. Quem entendeu me explica?

E a confusão já aparece no primeiro episódio porque existem relacionamentos ESQUISITOS entre os moradores da cidade. E parece que todo mundo tá escondendo alguma coisa. O mistério principal desta temporada – depois de quando estão os desaparecidos – eu consegui desvendar! UHUUL! Para você saber qual é assiste lá que porque eu não vou contar spoiler.

Assistam! 

Deixe uma resposta