Browse Category

Editora Galera

Cidade dos Ossos – Cassandra Clare

Finalmente terminei esse livro. Eu fiquei bastante tempo com ele como “leitura corrente”, mas é porque acabei lendo outras coisas no meio. Eu tive dificuldades em me sentir presa por ele.

Sinopse

“Clary Fray, 15 anos, decide passar a noite em uma boate muito conhecida em Nova York, e o maior de seus problemas provavelmente seria lidar com o ignorante segurança da porta, certo? Errado. Clary testemunha um crime, que só ela consegue ver.

Clary quer ligar para a polícia; quer gritar; quer chamar seu amigo, Simon, que ficou na boate enquanto ela teve a infeliz ideia de perseguir o menino bonitinho de cabelo Preto…

Mas como explicar a eles que ninguém mais na rua enxerga os assassinos, apenas ela? Como provar que houve um crime se não há rastro algum do sangue do garoto morto — aliás, era mesmo um menino?

Mas ela nem tem tempo de tomar uma decisão; logo os assassinos se apresentam para a estranha mundana que não deveria vê-los, mas vê. Jace, Alec e Isabelle são Caçadores de Sombras, guerreiros cuja missão é proteger o mundo que conhecemos de demônios e outras criaturas sobrenaturais. Vampiros que saem da linha, lobisomens descontrolados, monstros cheios de veneno? É por aí mesmo. E depois desse primeiro contato com o Mundo de Sombras, e com Jace — um Caçador que tem a aparência de um anjo, mas a língua tão afiada quanto Lúcifer —, a vida de Clary nunca mais será a mesma.”

Minhas Impressões

No início foi meio complicado de ler, porque eu achei chato. Mas depois acabei curtindo a história. E é bem legal. Viadaaaa, mas legal. Me lembrou um pouco Supernatural, como se os Caçadores de Sombras fossem os Winchesters. O livro é enorme, mas nem parece porque a história toda se passa apenas em duas semanas. Para quem não leu, eu recomendo. Lembrando sempre que são seis livros. SEIS! Todos já lançados. Por mais estranho que pareça não criei empatia ou antipática por nenhum personagem, o que é definitivamente estranho para mim. Espero ler os outros em breve!

A minha versão é ebook! Mas se você quiser uma versão física, só comprar aqui.

Autor(a): Cassandra Clare
Páginas: 459
Ano: 2010
Editora: Galera
Avaliação: 

À procura de Audrey – Sophie Kinsella

Eu ganhei esse livro da Stephanie, do AvecSnow. Eu fiz matérias com ela na faculdade e ela é um amor! Sigam ela no instagram que sempre tem uma fotos lindas. 🙂 Vamos ao livro!

Contra Capa do Livro

“Audrey é uma adolescente comum, igualzinha a tantas. Com 14 anos, estuda, se apaixona, entra em conflito com os pais, sonha, confia nas amigas. Até que começa a ser vítima de bullying. No início, parecia apenas uma pequena implicância, mas a provocação vai aumentando. Logo, a menina não consegue mais frequentar o colégio, nem ao menos sair de casa. O diagnóstico? Transtorno de ansiedade social, transtorno de ansiedade generalizada e episódios depressivos. 
Com a ajuda da Dra. Sarah, Audrey começa um lento, mas decisivo, caminho rumo à recuperação. E quando conhece Linus, parceiro de games do irmão, ela sente uma ligação. Seu sorriso de gominho de laranja é encorajador, e eles podem conversar sobre tudo: ansiedades, sonhos, medos. Ainda que de forma não muito convencional no início. Mesmo com as ressalvas da médica, a amizade se aprofunda — em meio a visitas ao Starbucks e pequenos desafios. Em pouco tempo, evolui para um romance que vai afetar toda a família. Por fim a normalidade parece apenas a um passo de distância.”

 
Minhas Impressões
Foi um pouquinho complicado para eu ler o livro. Não pelo assunto em geral, porque logo que comecei a ler – não costumo ler sinopses – achei válido. Mas inicialmente não me prendeu e eu deixei pra lá. Duas semanas depois peguei o livro novamente, querendo dar uma chance. E bem, li as 280 páginas finais em uma tarde, bem desse jeito. Acabou sendo uma experiência bastante legal. 
Bem, Audrey está numa idade muito distinta da minha, mas eu já tive 14 anos. Claro que não sofri nenhum tipo de bullying mostro a ponto de entrar em depressão ou ter que sair da escola. Mas todos nós já ouvimos gozações por ai e pela vida. Desse jeito, muitas coisas que passam pela cabeça dela já estiveram na minha, o que tornou a leitura melhor. 
A escrita é leve e a autora te leva a participar da vida dos personagens, e se sentir parte da família até. Gostei bastante e estou ansiosa por ler outros livros dela. A única coisa que me deixou meio assim, porque sou muito curiosa e gosto de detalhes, é que não foi explicado direito o que aconteceu com a Audrey para que ela saísse da escola. Mas ao que tudo indica foi algum bullying bastante grave. Como não gosto de não saber, fiquei chateadinha. 
Assim como outros livros é um ótimo livro para ler em um dia chuvoso, ou em um domingo de sol, ou em um dia útil no ônibus! É pra ler e pronto! 
 

Minha edição é a da foto!

Autor(a): Sophie Kinsella
Páginas: 334
Ano: 2015
Editora: Galera
Avaliação:
 

Amy & Matthew – Cammie McGovern

Esse livro é um super amorzinho. Eu me debulhei em lágrimas, o que convenhamos não é nenhuma surpresa porque eu choro até com comercial de margarina.
Mas é tão bonito, e marcante mesmo. Faz a gente parar pra pensar.
 
Contra capa do Livro

 

“Concluí que é possível amar alguém por razões inteiramente altruístas, por todas as suas falhas e fraquezas, e ainda assim não ter este amor correspondido. É triste, talvez, mas não trágico, a menos que você fique buscando seus afetos esquivos para sempre.”
 
Sobre o livro e minhas impressões
 
O livro conta a história de uma menina que nasceu prematura e por complicações tem metade do corpo paralisado e não consegue se comunicar verbalmente. Amy se comunica com o mundo através de aparelho que emite voz. Sua deficiência é apenas corporal, ela é extremamente aplicada e muito inteligente. Por outro lado, existe Matthew, fisicamente são, mas com sérios problemas de TOC. Eles começam uma amizade quando Amy resolve que precisa fazer amigos. Nunca teve amigos de verdade durante seus 17 anos de vida, apesar de estar sempre rodeada de pessoas. Da amizade surge algo mais que eles não entendem e não sabem o porquê.
O livro é lindo, demorei um pouco pra ler por motivos de falta de tempo ou cabeça mesmo. Mas  é super tranquilo de lê-lo em um dia. Adorei essa ligação entre o motor e o mental. Todos temos problemas, por menos visíveis que eles sejam. É aquela clara história adolescente que tem uma missão de mostrar que esta é uma fase difícil que todo mundo passa. Porém, por ser um livro de moral é válido pra todas as idades. 🙂
 
Minha edição é a da foto.
Autor(a): Cammie McGovern
Páginas: 336
Ano: 2015
Editora: Galera
Avaliação: